Bem-Vindo à Página Oficial do Agrupamento de Escolas de Góis

Funcionamento da Educação Pré-Escolar a partir do dia 1 de junho.

Exmo/a. Sr./a. Encarregado/a de Educação

 Assunto: Funcionamento da Educação Pré-Escolar a partir do dia 1 de junho.

 Tal como anunciado pelo Ministério da Educação e veiculado pelas docentes titulares de grupo, a reabertura dos Estabelecimentos da Educação Pré-Escolar está prevista para o dia 1 de junho.

Assim, foi necessário realizar algumas adaptações no funcionamento dos referidos Estabelecimentos de Ensino, destacando-se, em termos de medidas gerais, o facto de o Agrupamento de Escolas de Góis ter atualizado o seu Plano de Contingência de acordo com as orientações da tutela, podendo o mesmo ser consultado no Facebook e Página do Agrupamento de Escolas de Góis. De modo a garantir as condições necessárias para adotar as medidas preventivas recomendadas ao nível da promoção de boas práticas de higiene, adquiriu materiais/produtos adequados para a desinfeção e limpeza dos edifícios escolares, bem como de higienização frequente dos materiais pedagógicos e equipamentos utilizados pelas crianças. Também adquiriu equipamento de proteção individual para o pessoal docente e não docente e solução antissética de base alcoólica para desinfetar as mãos em diversos espaços do recinto escolar.

No que respeita ao acesso às instalações, as crianças devem ser entregues à porta/portão de cada estabelecimento de ensino e serão recebidas por um profissional destacado para o efeito, evitando assim a circulação de pessoas no interior do recinto. Neste momento de entrada, o calçado e as mochilas serão higienizados. As crianças, por sua vez, também não poderão trazer de casa brinquedos ou outros objetos desnecessários, pelo que apelamos à colaboração dos pais/encarregados de educação. Quer as crianças quer os profissionais devem trazer calçado para uso no espaço do Jardim de Infância. Este calçado permanecerá no Estabelecimento de Ensino até ao final do ano letivo.

Por outro lado, as crianças não devem permanecer no Estabelecimento de Educação por um período superior ao estritamente necessário, pelo que deverá acordar-se com a família um horário de estrita necessidade que permita reduzir os riscos de contágio.

Ao nível de práticas pedagógicas, dar-se-á a conhecer às crianças as novas regras de convivência social, levando-as a compreender a importância das novas formas de interação entre pares e com os adultos. É importante prestar atenção às suas dúvidas e angústias, tranquilizando-as e ajudando-as a compreender a importância do cumprimento destas novas regras, para a segurança e bem-estar de todos, pelo que apelamos novamente à colaboração dos Pais/EE para que dialoguem com as crianças sobre as alterações das suas rotinas.

Desta forma, irá privilegiar-se, sempre que possível, o contacto com as famílias, possibilitando a articulação entre escola e família. Neste contexto, manter-se-á o contacto regular e a articulação entre escola e família privilegiando os meios digitais e o telefone, mantendo-se o distanciamento físico recomendado.

Durante o período de refeições, também será necessário implementar e respeitar as medidas de distanciamento e higiene de acordo com as orientações da DGS e do Ministério da Educação.

A organização da reabertura dos Estabelecimentos da Educação Pré-Escolar implicou a articulação com as Entidades parceiras, a nível dos serviços de transporte e refeições, aguardando-se informação quanto a horários (transporte) e procedimentos gerais.

As informações complementares e mais específicas serão transmitidas por cada docente titular de grupo.

Pelo exposto, contamos que o regresso aos Jardins de Infância decorra de forma tranquila, garantindo que as crianças permanecem efetivamente seguras, salvaguardando-se também, a proteção de todos os envolvidos.

Terminamos dando as boas-vindas a todos os meninos e meninas e aos respetivos pais/encarregados de educação.

Agradecendo a atenção, subscrevemo-nos com os melhores cumprimentos.

Góis, 27 de maio de 2020

A Diretora do Agrupamento: Cristina Maria dos Santos Martins

Orientações para a Reabertura da Educação Pré-Escolar

Plano de Contingência COVID-19 do Agrupamento de Escolas de Góis

O Agrupamento de Escolas de Góis publica a atualização do seu Plano de Contingência para conhecimento de toda a Comunidade Educativa.

Góis, 27 de maio de 2020.

A Diretora do Agrupamento: Cristina Martins

Plano de Contingência – atualizado em maio 2020

Orientações para a Reabertura da Educação Pré-Escolar

Limpeza e Desinfecao

DGS_Como Te Proteger

DGS_Uso Correto Das Mascaras

DGS_Lavagem Das Maos

 

MATRÍCULAS PARA A EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR E 1º ANO DE ESCOLARIDADE DO ENSINO BÁSICO

DE 04 DE MAIO ATÉ 30 DE JUNHO

De acordo com o disposto no Decreto-Lei n.º 14-G/2020, de 13/04, capítulo IV, art.º 11º a 13º, as matrículas para a Educação Pré-Escolar e para o 1º ano de escolaridade devem ser realizadas, preferencialmente via Internet, no portaldasmatriculas.edu.gov.pt, com recurso à autenticação através de cartão de cidadão, chave móvel digital ou credenciais de acesso ao Portal das Finanças.

As matrículas deverão ser realizadas no Portal das Matrículas, preferencialmente, pelos próprios encarregados de educação, ou de modo presencial através de marcação prévia ligando para o 235 770 150, nos Serviços Administrativos do Agrupamento de Escolas de Góis. O atendimento presencial na Escola está sujeito ao cumprimento das regras em vigor pela Direção Geral de Saúde que estiver em vigor no dia do atendimento presencial (uso de máscara). Neste caso, os Encarregados de Educação devem fazer-se acompanhar dos seguintes documentos (indispensáveis ao registo da matrícula) até ao próximo dia 30 de junho impreterivelmente:

 

1) Encarregado/a de Educação:

  • Documento de identificação civil (B.I./ cartão de cidadão e respetivos pins, passaporte);

Documentos para consulta e carregamento de dados na Aplicação Informática:

  • Número de identificação fiscal;
  • Número de identificação da segurança social/ADSE ou outro subsistema de saúde;
  • Documento comprovativo da morada da residência;
  • Documento comprovativo da morada do local de trabalho;
  • Documento de identificação civil do pai e da mãe para consulta de dados (B.I./ cartão de cidadão, passaporte).

 

2) Aluno/a:

  • Documento de identificação civil (B.I./ cartão de cidadão e respetivos pins, passaporte);
  • 1 Foto atualizada para digitalização.

Documentos para consulta e carregamento de dados na Aplicação Informática:

  • Número de identificação fiscal;
  • Número de identificação da segurança social/ADSE ou outro subsistema de saúde;
  • Cartão de utente (Número de cartão de utente de saúde/beneficiário);
  • Boletim de saúde, com as vacinas atualizadas;
  • Declaração de escalão de abono;
  • Relatório médico quando existência de N.E (necessidades educativas).

 

Observações: Alertam-se os encarregados de educação para o facto de a cédula de nascimento não ser considerada um documento de identificação civil válido no registo da matrícula.

Relativamente à Renovação de Matrícula, atempadamente, será dada toda a informação com os respetivos procedimentos e documentação necessária.

 

Góis, 30 de abril de 2020

A Diretora do Agrupamento de Escola de Góis

Cristina Maria dos Santos Martins

Publicação do Aviso de Abertura

Nos termos do disposto nos artigos 9.º e 10.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro, torna-se público que por despacho da Diretora do Agrupamento de Escolas de Góis, de 22/04/2020, no uso das competências que lhe foram delegadas pelo Despacho n.º 9348/2019 proferido em 10 de outubro de 2019, publicado em 16 de outubro de 2019 no Diário da República, 2.ª série, n.º 199 da Diretora-Geral da Administração Escolar, encontra-se aberto, pelo prazo de 10 dias úteis a contar da publicação do presente aviso, na Bolsa de Emprego Público (BEP), procedimento concursal comum para a constituição de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado para o preenchimento de 1 posto de trabalho do Agrupamento de Escolas de Góis, na categoria de Técnico Superior, da carreira de Técnico Superior, na modalidade de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado, restrito a candidatos abrangidos pelo programa de regularização extraordinária de vínculos precários (PREVPAP).

Os Formulários necessários ao concurso podem ser consultados em:
           www.dgae.mec.pt
           www.dgaep.gov.pt

ANEXO 1- GRELHA AVALIAÇÃO CURRICULAR

ANEXO 2- GRELHA ANÁLISE DA CANDIDATURA

ANEXO 3 – AVISO DE ABERTURA

ATA 1

Góis, 30-04-2020

A Diretora do Agrupamento de Escolas de Góis: Cristina Maria dos Santos Martins

DIVULGAÇÃO: PORTAL DAS MATRÍCULAS

O Portal das Matrículas (https://portaldasmatriculas.edu.gov.pt/pdm/#/portal/home) é um serviço do Ministério da Educação que permite efetuar pedidos de matrícula, renovação de matrícula e pedidos de transferência de escola na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário em estabelecimentos de ensino públicos do Ministério da Educação, privados e IPSS ou equiparados.
 
Se é Encarregado de Educação a matrícula do seu educando deve ser realizada, preferencialmente, nesta aplicação que lhe permite, mediante consentimento prévio, fornecer toda a informação e documentação necessária à instrução do processo de matrícula.
 
A presente aplicação permite realizar a primeira matrícula na educação pré-escolar e no 1.º ciclo do ensino básico, o registo de renovação de matrícula e o pedido de transferência de escola dos alunos na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário nas várias modalidades de ensino destinadas a jovens.
 
Para matrícula na modalidade de ensino artístico especializado, deve o encarregado de educação estar na posse de uma declaração de vaga, a solicitar no estabelecimento de educação e ensino da modalidade de ensino artístico especializado que o seu educando pretende frequentar, a qual vai ser solicitada no preenchimento do pedido de matrícula.
 
Para a matrícula de alunos provenientes do estrangeiro e matrículas de alunos que frequentaram em Portugal planos de estudos estrangeiros e para os quais seja necessário um processo de equivalência, após a submissão do processo de matrícula deve ser contactado o estabelecimento de educação e ensino de 1.ª preferência para que se proceda ao pedido de equivalência.
 
Para matrículas para os ensinos básico ou secundário recorrente ou para outras ofertas educativas e formativas destinadas a adultos devem ser contactados os estabelecimentos de educação e ensino respetivos.
 
Para utilizar este serviço o Encarregado de Educação pode recorrer a uma das seguintes formas de autenticação:
 
– Credenciais de acesso ao Portal das Finanças
 
– Cartão de Cidadão – Para a autenticação com recurso ao Cartão de Cidadão é necessário o Cartão de Cidadão e o respetivo PIN de autenticação, um leitor de cartões ligado a um computador com acesso à Internet e ter instalado no computador o plugin Autenticação.Gov (disponível em: https://autenticacao.gov.pt/fa/ajuda/autenticacaogovpt.aspx)
 
– Chave Móvel Digital – Para a autenticação com recurso à Chave Móvel Digital é necessário que previamente tenha sido efetuado um pedido de Chave. Poderá consultar a informação referente ao pedido de Chave Móvel Digital e ao processo de autenticação em https://www.autenticacao.gov.pt/a-chave-movel-digital
 
 
Os registos de primeira matrícula, renovações de matrícula e pedidos de transferência de escola para a educação pré-escolar e matrícula no 1.º ano do 1.º ciclo do ensino básico decorrem de 4 de maio a 30 de junho.
 
Os registos de matrícula nos outros anos iniciais de ciclo 5.º, 7.º e 10.º anos de escolaridade, as renovações de matrícula e os pedidos de transferência de escola nos 1.º, 2.º, 3.º ciclos do ensino básico e ensino secundário decorrem a partir de 26 de junho.

DIVULGAÇÃO DA GRELHA DE PROGRAMAÇÃO ‘ESTUDO EM CASA’

«O Ministério da Educação, no seu esforço de criação e disponibilização de múltiplos recursos para apoiar as escolas, cria um conjunto suplementar de recursos educativos, para a Educação Pré-Escolar e para o Ensino Básico, transmitidos através dos canais RTP 2 e RTP Memória, respetivamente.

#EstudoEmCasa é o nome do espaço que vai ocupar a grelha das 09h às 17h50, com conteúdos organizados para diferentes anos letivos, uma ferramenta para complementar o trabalho dos professores com os seus alunos.
Estes conteúdos pedagógicos temáticos contemplam conteúdos que fazem parte das aprendizagens essenciais do 1.º ao 9.º ano, agrupados por: 1.º e 2.º anos, 3.º e 4.º anos, 5º e 6.º anos, 7.º e 8.º anos e 9.º ano.

Na segunda-feira, dia 20 de abril, arrancam as emissões do #EstudoEmCasa, que decorrerão até dia ao final do ano letivo, de segunda a sexta-feira.

O #EstudoEmCasa vai transmitir nos seguintes canais:

– TDT – posição 7
– MEO – posição 100
– NOS – posição 19
– Vodafone – posição 17
– Nowo – posição 13
– https://www.rtp.pt/estudoemcasa

(emissão de cada dia on demand e módulos individualizados)
– Será ainda disponibilizada uma App com todos os conteúdos do #EstudoEmCasa.Paralelamente, a RTP 2 transmite conteúdos, pensando nas crianças da Educação Pré-escolar (dos 3 aos 6 anos). Estes conteúdos estão selecionados por áreas de desenvolvimento das OCEPE, sendo acompanhados do envio antecipado para as escolas dos conteúdos dos programas a emitir e sugestões de atividade complementares.».

FUNCIONAMENTO DO 3º PERÍODO

Exmo/a. Sr./a. Encarregado/a de Educação

 Assunto: Funcionamento do 3º período.

 Divulgamos à Comunidade Educativa do Agrupamento de Escolas de Góis, o Comunicado do Conselho de Ministros de dia 9 de abril de 2020, com as alterações de funcionamento do 3º período no ano letivo 2019/2020.

Até final do ano letivo, que termina a 26 de junho, todo o ensino básico será não presencial e a avaliação de final de ano irá contar com o trabalho dos alunos realizado no 3º período. As provas de aferição dos 2º, 5º e 8º anos e as provas finais do 9º ano foram canceladas.

 

Comunicado do Conselho de Ministros de dia 9 de abril de 2020

«O Conselho de Ministros aprovou hoje um novo conjunto de medidas extraordinárias de resposta à situação epidemiológica do novo Coronavírus-COVID-19:

  1. Foi aprovado o decreto-lei que estabelece as medidas excecionais e temporárias na área da educação, no âmbito dos ensinos básico e secundário. O diploma define, nomeadamente, as seguintes alterações para o ano letivo 2019/2020:
  • o terceiro período inicia-se no próximo dia 14 de abril, mantendo-se suspensas as atividades letivas e formativas presenciais nas escolas;
  • o ensino básico permanecerá até ao fim do ano letivo no modelo de ensino não presencial, com recurso às metodologias digitais que será reforçado com o apoio de emissão televisiva de conteúdos pedagógicos;
  • avaliada a evolução da situação epidemiológica COVID-19, o Governo pode decidir retomar as aulas presenciais dos 11.º e 12.º anos de escolaridade, garantindo-se o distanciamento social (aulas, salas, turmas) e justificando-se as faltas dos alunos cujos encarregados de educação optem por não deixar frequentar;
  • o 10.º ano de escolaridade permanece até ao fim do ano letivo no modelo de ensino não presencial
  • são cancelados os seguintes exames e provas:
    • provas de aferição, dos 2.º, 5.º e 8.º anos de escolaridade;
    • provas finais do ensino básico, no final do 9.º ano de escolaridade;
    • provas a nível de escola, realizadas como provas finais do ensino básico;
    • exames finais nacionais, quando realizados por alunos internos, para efeitos de aprovação de disciplinas e conclusão do ensino secundário.
  • os alunos apenas realizarão exames finais nacionais nas disciplinas que elejam como provas de ingresso para efeitos de concurso nacional de acesso ao ensino superior;
  • para conclusão dos ciclos de ensino básico e secundário, as classificações de cada disciplina têm por referência o conjunto do ano letivo, incluindo o trabalho realizado ao longo do 3.º período;
  • o 3.º período terminará a 26 de junho de 2020.».

«No que respeita à Educação Pré-Escolar, as orientações proferidas referem que as atividades nos jardins de infância só serão retomadas quando forem revistas as atuais regras de distanciamento, sendo ainda prematuro definir um prazo seguro ainda que indicativo.».

 

Face ao exposto, o 3º período terá início na próxima terça-feira, dia 14 de abril, tal como estava previsto, e até novas orientações das docentes titulares de grupo/turma e diretores/as de turma, os alunos deverão continuar a realizar as tarefas propostas pelos professores e a rever os conteúdos lecionados nas diversas disciplinas do seu currículo.

Durante este último período letivo, os docentes continuarão a recorrer às metodologias digitais para comunicar com os alunos (sendo estas do seu conhecimento, como o email, videochamada no Zoom e/ou Hangouts, classroom…), bem como através do telefone, dos CTT e também, em suporte papel, como o uso dos manuais escolares e respetivos livros de fichas, de fichas de trabalho adequadas à realidade e situação de cada discente, entre outros materiais, pelo que os alunos terão de realizar, nos prazos estipulados pelos docentes, todo o trabalho solicitado. Tal como anunciado pelo senhor Primeiro Ministro, a partir do dia 20 de abril, o ensino, efetuado pelos docentes do Agrupamento, será complementado com o apoio de emissão televisiva de conteúdos pedagógicos, na RPT Memória (canal acessível a todos), que terá uma programação destinada aos alunos do 1º ao 9º ano de escolaridade, pelos que os alunos deverão assistir a estas sessões, de modo a poderem realizar os trabalhos/atividades, que os docentes também solicitem neste âmbito. Desta forma, e assim que o Agrupamento tenha informação concreta sobre a programação da RTP Memória, com o horário de cada ano de escolaridade, fará chegar aos alunos/EE e pais, um plano semanal, com a planificação do seu trabalho diário. Para a Educação Pré-Escolar, também será remetido, semanalmente, pelas docentes titulares de grupo, o plano diário de rotinas e tarefas. A nível televisivo, a RTP 2 também terá uma grelha programática adequada a esta faixa etária (3-6 anos), a qual complementará as atividades propostas pelas docentes titulares de cada grupo.

Tal como já foi mencionado, «as classificações de cada disciplina têm por referência o conjunto do ano letivo, incluindo o trabalho realizado ao longo do 3º período», pelo que os alunos deverão continuar a cumprir com as tarefas que lhes são solicitadas e os pais/encarregados de educação deverão também continuar a colaborar com a Escola, no sentido de acompanharem, supervisionarem os seus educandos, no cumprimento das tarefas solicitadas e no envio das mesmas nos prazos determinados e pela via acordada entre ambas as partes (Escola-docentes/alunos-Encarregados de Educação-pais).

Conscientes, que o ensino não presencial é uma realidade muito diferente do presencial, os alunos e as famílias, neste terceiro período, continuarão a contar com o esforço e trabalho dos professores, dos técnicos e outros agentes envolvidos neste processo, usufruindo assim, do seu direito à educação, mas também esperamos contar com o esforço de todos os alunos e Encarregados de Educação/Pais para levar a bom porto o processo de ensino-aprendizagem até ao final deste ano letivo.

Agradecendo a atenção, subscrevemo-nos com os melhores cumprimentos e votos de muita saúde e de boa Páscoa.

Nota: Esta informação será remetida aos Encarregados de Educação, por email, pelos Docentes Titulares de Grupo/Turma e Diretores/as de Turma.

Góis, 9 de abril de 2020

A Diretora do Agrupamento: Cristina Maria dos Santos Martins

 

 

Avaliação dos Alunos – 2º Período

Exmo/a. Sr./a. Encarregado/a de Educação

 Assunto: Avaliação dos alunos – 2º período.

 Na sequência da realização das reuniões de avaliação de final de período, os resultados da avaliação dos alunos encontrar-se-ão disponíveis no dia 3 abril (sexta-feira), à semelhança do que é habitual. Todavia, dada a situação em que se encontra o país, nomeadamente com a Declaração do Estado de Emergência, em que os cidadãos só deverão deslocar-se em extrema necessidade e quando se justifique, informamos os Encarregados de Educação que para terem acesso à avaliação dos seus educandos deverão contactar telefonicamente a Escola Sede do Agrupamento, através do número 235770150 e obterem essa informação, por esta via.

Mais informamos que, no dia 14 de abril, os/as Docentes Titulares de Grupo/Turma e Diretores/as de Turma enviarão, por email, os Registos de Avaliação, que costumavam ser entregues, presencialmente, em reuniões próprias para o efeito. Aos Encarregados de Educação que não têm email, os Registos de Avaliação serão remetidos por Correio Postal (CTT), na mesma data.

Agradecendo a atenção e compreensão, subscrevo-me com os melhores cumprimentos e com votos de muita saúde.

Nota: Esta informação será remetida aos Encarregados de Educação, por email, pelos Docentes Titulares de Grupo/Turma e Diretores/as de Turma.

Góis, 1 de abril de 2020

A Diretora do Agrupamento: Cristina Maria dos Santos Martins

Provas de Aferição – 2º, 5º e 8º anos e Provas Finais de Ciclo – 9º ano

Publica-se para conhecimento da Comunidade Educativa a seguinte informação/documentação:

Calendario Escolar 2019-2020

Despacho Normativo nº 3-A/2020 de 5 de março de 2020

Norma 01/JNE/2020 – Instruções para Realização Provas e Exames do Ensino Básico

Guia para Aplicação de Adaptações na Realização de Provas e Exames JNE/2000

Comunicação Nº 2/JNE/2020

Comunicação Nº 3/JNE/2020

JNE – Boletim Editável Básico

JNE – Lista de Códigos Provas Finais e Provas de Equivalência a Frequência – Básico

JNE – Instruções Preenchimento Boletim Editável – Inscrição Básico